Relatos dos Viajantes


Minha viagem para San Andrés de 1 a 10 de Março


Elisa Kayser e Wagner Berton


Minha viagem para San Andrés de 1 a 10 de Março

Olá pessoal, após muito ler dicas e relatos, chegou a nossa vez de fazer um relato e colaborar um pouco com vocês:
 
 
No segundo semestre de 2015 começamos a monitorar os valores de passagens aéreas. Nossas opções de destinos eram o Peru, a Patagônia ou o Caribe. Em setembro saíram algumas promoções para Cartagena e San Andrés por 900 e poucos reais. Resolvemos esperar mais um pouco. Em outubro saiu uma nova promoção pelo site Melhores Destinos por 770 reais saindo de POA com a Copa Airlines. Confesso que nem sabia da existência de San Andrés hehehe, mas após uma rápida pesquisa sobre o mesmo resolvemos comprar as passagens para ir 01 de março com conexão no Panamá e retornar dia 08. Optei por uma longa conexão na ida para fazer um stopover e poder conhecer um pouco da Cidade do Panamá!
 
Não é necessário 
vacina da febre amarela, mesmo se a conexão for via Panamá ou Bogotá.
Colômbia é associada do MERCOSUL, logo só o RG, em bom estado de conservação e com fotografia atual, basta, por outro lado, Panamá exige passaporte, com pelo menos três meses de validade.
 
Cambio: Não troque seus REAIS por COPs em SA, no momento a remessa de dinheiro via Wester Union, o saque direto no caixa e o pagamento no débito são as melhores opções. Através da Wester Union enviei 4 mil reais por R$ 150,20 (125 de tarifa + 10 de ted + 15,20 de iof) numa cotação de 850. Deu 3.403,629 cops. Descontando as tarifas, a cotação final ficou em 820 ou 0,0012, Excelente!!! Tenho maiores dicas sobre o WU.
 
Um cartão de turismo é exigido para conhecer as ilhas de San Andrés, Providência e Santa Catalina – Compre-o no aeroporto de Bogotá (COP 51.000) / Panamá (USD 25) / Aeroportos do Brasil (R$ 100,00).
 
Fizemos uma conexão de 18h e para conhecer a cidade do Panamá, nós alugamos um carro lá por 40 usd e fomos conhecer a Cinta costera, a Calzada Del Amador e por fim jantamos no restaurante Miraflores, que possui uma vista privilegiada do Canal do Panamá. Nosso jantar custou uns 40 usd para o casal e achamos melhor do que ir de dia conhecer o Canal pelo observatório + Museu + um vídeo da história do Canal, pois isso custaria 30 usd para o casal, então com mais 10 usd jantamos super bem no restaurante. Se alguém quiser tenho mais dicas sobre aluguel de carro no Panamá.
 
Pelas pesquisas prévias, já sabíamos que SA possuía uma infraestrutura mais precária se comparada a outros destinos caribenhos. Sabíamos também que poderíamos nos assustar com a falta de organização e de limpeza da ilha. Então já fomos preparados psicologicamente para o que pudéssemos encontrar. E, de fato, a ilha é muito simples em termos de estrutura e para piorar, muitos nativos não zelam pela proteção do meio ambiente, descartando lixo onde bem entendem. Não esperem luxo do local, mas esperem um belo mar, um povo honesto, prestativo e muito atencioso com o turista. Nos surpreendemos com o excelente tratamento que os islenos tiveram com nós.
Hotel: Optamos por pegar um hotel próximo do centro para não depender de taxi ou outro meio de transporte. E isso foi fundamental, pois é no centro onde tem tudo e tudo ocorre. Sugiro fortemente que fiquem no centro. Nossa posada possuía uma cozinha, então fizemos várias refeições nela e economizamos muito. Iríamos ficar no Cocos place pela boa avaliação e ótima localização. Mas desistimos porque o pagamento deve ser em Cops no hotel. O que faz com que o valor final fique bem mais do que o valor anunciado. Este valor informado é numa cotação mto favorável, o que não corresponde com a realidade numa casa de cambio quando você for comprar os Cops pra pagar. Então, eu optei por pegar um hotel que pudesse pagar aqui e via cartão...e ainda pude parcelar o valor em real anunciado. Geralmente a Decolar oferece a opção de pagamento via cartão de crédito;
 
Alugamos moto por ser mais rápida e possuir um baú para guardar coisas. Não exigem habilitação para moto e esta é só acelerar e frear, não precisa fazer marchas. Um casal de amigos nosso alugou moto por todo o período na ilha e saiu bem mais em conta. Achamos uma boa ideia. 
 
Sente-se do lado direito do avião ao chegar em SA para ver o belo mar ao chegar.
 
Será necessário comprar sapatilhas para não machucar os pés nos corais de SA, +- 12.000 COPs. Também é necessário comprar Snorkel que custa entre 15 e 30 mil pesos o conjunto completo.
 
Se tiver tempo disponível, faça os passeios de Johnny cay e aquário em dias diferentes para melhor contemplar sua beleza. Ou faça Johnny cay de manhã e aquário à tarde para fugir da multidão de pessoas; Os passeios são meio tumultuados e falta muita organização, principalmente o passeio de Johnny cay, onde para sair e entrar na lancha não há qualquer tipo de escada, o que se por vezes se torna difícil em meio às ondas do mar, assim idosos e crianças precisam atenção redobrada.
 
Quando for à praia, não deixe seus pertences na areia, compre um saco estanque e leve suas coisas devidamente protegidas na água. Se bem que os nativos são muito honestos e não sentimos qualquer receio de furto/roubo e em alguns lugares deixamos as coisas na areia mesmo, então vai de cada um;
 
Quase todos os hotéis não possuem água quente no chuveiro, pois SA é muito quente. Faz média anual de 28°c. Use muito protetor solar e compre-o lá que é barato;
 
Jantamos em vários restaurantes, mas o La Regatta é excelente. Na parte de fora do restaurante você pode ver os peixes, arraias e tubarões que aparecem por lá. Deve ser reservado com pelo menos 3 dias de antecedência.
 
A bebida típica de lá é o coco loco (alcoólico) e a limonada de coco. Adoramos tanto a limonada de coco que tomamos umas 7 cada um hehehe, e ainda trouxemos as matéria prima para fazer no Brasil, 5 latas de creme de coco. Tantas latas assim chamaram até a atenção da fiscalização no aeroporto de POA e queriam saber o que era hahaha. As melhores limonadas são do La Regatta, do Casa Blanca e do Bar Jet Set.
 
Mergulho: Fiz o mergulho com o Paul...Esse cara passa uma segurança incrível, como fiz o buceo com o um pouco de gripe... demorei para equalizar a pressão nos ouvidos...e o Paul ficou todo esse tempo junto comigo...me sinalizando o que fazer... o cara é fera e explica todo o necessário antes do mergulho, com exercícios, etc. No final, ele te dá um pacotinho de bolacha e água gelada. Recomendo muito também. Paguei 130 mil pesos para +- 50 min, 12 metros de profundidade e 30 metros de visibilidade.
 
Destinamos 2 dias para conhecer esta ilha próxima de SA, pois achamos triste estar do lado de outro paraíso e não conhecê-lo, afinal, vai saber quando voltaremos a San Andres, não é? Então, de cara já excluímos ir de Catamarã, pois com ele, deve-se estar as 6h30m no porto para sair as 8h e leva 4 horas pra chegar, ou seja, chega ao meio dia e perde-se manhã toda, arriscando enjoar no mar ainda. Se posares uma noite em providência, no dia seguinte já terá q estar as 13h30m no porto para sair as 14h30m e levará 3h de viagem. Isso tudo por 280 mil pesos. Agora, se vc for de avião, este sai as 7h20m e chega em 30 min e vc ainda terá a manhã para passear. Dormindo lá, no dia seguinte vc volta as 16h35min, ou seja. pode curtir uma parte da tarde ainda em providência, isso por 408 mil pesos, 128 mil pesos a mais para ter muito mais conforto e mais tempo para passear. Providência é muito mais tranquila que SA, inclusive houve praias que estávamos somente eu e a Elisa nela. As praias são muito bonitas, mas ainda sim preferimos as praias de SA no quesito beleza. Cayo Cangrejo é fantástico, uma beleza ímpar. Nos decepcionamos com Santa Catalina, pois não há praticamente nada para ver.
Nós e mais um casal de amigos alugamos uma lancha para conhecer a cabeça de Morgan, o 3º maior recife de corais do mundo, fazer snorkel em determinados lugares, conhecer a cova de Morgan, conhecer a parte de trás de Santa Catalina. Este passeio custo 150 mil por casal e durou quase o dia todo. Fechamos com o Farlei, uma pessoa muito honesta, sincera e solícita. Passa uma credibilidade e uma segurança muito grande. Recomendo demais. Ele se encontra na ponte Santa Catalina ou em Maracaibo.
Sugiro alugar uma moto para se locomover na ilha (60 mil pesos). Ficamos na Posada Enilda que estava em promoção no site Decolar. A pousada é excelente e o atendimento melhor ainda.
Almoçamos no restaurante Divino Nino, tão bom quanto o La Regatta mas mais barato. Comida excelente, tanto que a lagosta do Divino estava melhor que no La Regatta.
 
Dia 08 de março, dia de voltar para a realidade brasileira. Nos arrumamos, arrumamos as malas, fizemos check out e decidimos ir cedo para o aeroporto, pois já não havia mais nada para fazermos na ilha. Chegamos com umas 4h de antecedência. Ao ir para a fila do Web Check in o funcionário da Copa Airlines nos pediu um minuto de nossa atenção para nos fazer uma oferta. Logo pensamos no que ele iria querer empurrar na gente, como fazem estes vendedores chatos de rua. Para nossa surpresa, eles nos convidou para ficar mais 2 dias na ilha, num hotel 4 estrelas All Inclusiv (Casa Blanca) com transfer incluído, tudo por conta da Copa!!! Aceitamos na hora e foram 2 dias maravilhosos, no retorno ainda fomos surpreendidos com um voo na primeira classe.
 
Casamos no civil há poucos meses e queríamos aproveitar a viagem para fazer umas fotos estilo dress and trash naquele cenário lindo. Após muitas pesquisas, fechamos com o Jairo Ruiz e tivemos muita sorte na decisão, pois ele é um excelente profissional, muito detalhistas nas fotos. Vcs podem conferir as fotos no nosso face. Pegamos 2 horas e foram geradas 81 fotos em um CD.
1 foto impressa $ 15.000 cada una.
1 foto digital $ 20.000 cada una.
1 hora trash the dress digital $ 300.000
2 horas trash the dress digital 2 playas $ 550.000.
jairoruizfotografo@hotmail.com
http://www.laspaginasamarillasdecolombia.com/mi_web.php?recordID=1627
 
San Andrés é uma ilha incrível, mesmo com o trânsito maluco e alguns lixos espalhados por lá. Você vai se encantar com a hospitalidade e atendimento dos nativos. As praias são encantadoras!
Meninas! Deixem para comprar tudo lá (saída de banho, viseira, sapatilhas...) o custo é bem baixo e as coisas são lindas, eu comprei viseira por R$12,00, vestidinho por R$25,00, sapatilhas R$16,00, só levar biquíni, pois lá não tem muitas opções. Para quem não é ligado em coisas de marca, tem cremes e sprash bem baratos, por exemplo, eu comprei cinco sprahs de coco e baunilha por R$25,00 (estilo Victoria Secret), perfumes tem de vários valores, baratos e caros, tem bastante lojinhas com as mais variadas coisas.
Encontramos algumas lembrancinhas bem legais, saquinhos de café colombiano com balas dentro, tem um cheiro delicioso. É uma opção bonita e barata, em uma lojinha no segundo andar do aeroporto de SA estes saquinhos custam 5.500 COPs (Dica original da Laíse Santos).
Uma câmera fotográfica estilo Gopro ou Sj4000 são fundamentais na ilha. Só usamos Gopro e o celular Moto G3 para fazer as fotografias
 
Att.:
Wagner Berton e Elisa Kayser